segunda-feira, setembro 04, 2006

Donnie Darko





"Donnie Darko"








O Realizador e argumentista Richard Kelly conta-nos a história de alguns dias (28 dias, 6 horas, 42 minutos e 12 segundos para ser mais exacto) da vida de Donnie Darko, um adolescente apanhado num fenómeno paranormal relacionado com a teórica viagem no tempo e da pequena comunidade onde ele e a sua familia se inserem.
Donnie destaca-se do resto da sociedade pelos seus comportamentos irreverentes, e por certas atitudes estranhas que levam a sua própria familia a pô-lo sob terapia e medicação por suspeitarem de esquízofrenia. O que eles desconheçem é o que Donnie vê e pelo que passa. Tudo começa quando um motor de um avião cai inexplicavelmente no seu quarto durante a noite, fortuitamente Donnie não estava no seu quarto porque uma entidade misteriosa de nome Frank, vestida num bizarro fato de coelho e com uma voz demoníaca tinha-o chamado para fora de casa. Interessados? Um filme a não perder com Jake Gyllenhaal, Drew Barrymore, Patrick Swayze entre outros.

O bom: Cada cena, cada plano, cada fala são ricos em conteúdo e todo o filme revela-nos não só um fantástico e surpreendente universo paranormal como uma subtil critica ao "sonho americano". A personagem de Frank é absolutamente linda-"Wake up Donnie", arrepio-me só de pensar. Aborda uma temática como nunca nenhum filme abordou e põe o pessoal a pensar. Contém ficção científica, comédia, romance, é um thriller, é um drama, é uma deliciosa mistura de coisas bem encaixadas. A nível de som e música é do melhor que há, ajustando-se perfeitamente ao filme e contribuíndo para criar o ambiente certo. É realmente inovador e gosto mais dele a cada vez que o vejo. "Yes, i am scared, i am confused but i think you're the fucking anti-christ!!!".

O mau: Talvez um bocado confuso demais, dificil de perceber à primeira, mas também a temática não é fácil.

Nota Final: Chamem-me maluco mas vou dar 20 (é mais um 19,5 arredondado). Instant classic direitinho para o meu top 10.